Número de queimadas no Brasil aumenta em 82%

Dados do Programa de Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas indicam que as queimadas no Brasil aumentaram em 82% em relação a 2018, se comparadas com o mesmo período – janeiro a agosto – do ano passado.

Foram 71.497 focos neste ano, contra 39.194 no ano passado. É a maior alta e o maior número registrado em sete anos, diz o MSN.

Os estados que apresentaram os maiores aumentos no número de queimadas em comparação com 2018 foram Mato Grosso do Sul, com uma alta de 260%, Rondônia, com um aumento de 198%; Pará, com 188%; Acre, com 176%; e Rio de Janeiro, com 173%. O Mato Grosso é líder no número de focos de queimadas, com 13.641 pontos, 19% do total do Brasil.

O estado de Rondônia vem sofrendo com uma sucessão de queimadas nas últimas duas semanas. No Pará, fazendeiros no sudoeste do estado anunciaram o “Dia do Fogo” no último dia 10, a desde então o Inpe registrou uma grande alta nos focos de incêndio na região.

Na tarde desta segunda-feira (19), o dia virou noite em São Paulo, quando uma neblina escureceu a cidade por volta das 15h.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), além da frente fria, a escuridão também foio causada pela fumaça de queimadas na região amazônica. Em entrevista ao G1, o meteorologista Franco Vilela, do Inpe, disse que o material particulado oriundo da fumaça produzida pelos incêndios de grande porte que estão acontecendo na Bolívia, aliado ao ar frio e úmido que está no litoral de São Paulo, causou o escurecimento.

20/08/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)