Vida Nova nas Grotas vai reformar mais de 270 casas em Maceió

A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) iniciou na última terça-feira (23) um novo levantamento técnico nas casas dos moradores da Grota da Bananeira, com o objetivo de selecionar residências em maior estado de vulnerabilidade para realizar, posteriormente, pequenas reformas nas habitações. As próximas grotas que irão receber o levantamento serão o Grutão e Canaã.

As melhorias habitacionais fazem parte do Programa Vida Nova nas Grotas, desenvolvido pelo Governo de Alagoas em parceria com o Programa das Nações Unidas para Assentamentos Urbanos (ONU-Habitat), e visa realizar pequenos reparos de até R$ 6,5 mil nas casas avaliadas. Reparos na cobertura, banheiro, cozinha, revestimento e piso são os principais serviços realizados.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Mauricio Quintella, a previsão é de que mais de 270 casas sejam visitadas pela equipe social da Seinfra e, posteriormente, pelos arquitetos do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Alagoas (CAU/AL).“A Grota da Bananeira é a primeira a receber a equipe de arquitetos credenciados pelo Conselho. A parceria com o CAU nos permitirá mais agilidade no levantamento das casas, garantindo um maior número de famílias beneficiadas num curto espaço de tempo”, explica Maurício Quintella.

Para essas novas grotas contempladas a Seinfra firmou uma parceria no final de 2018 com o CAU, reforçando o corpo técnico da secretaria, dando maior celeridade ao levantamento e aperfeiçoando a metodologia utilizada.

“A cooperação com o Governo de Alagoas e o ONU-Habitat é um passo fundamental para garantir o comprometimento do Conselho em atuar com assistência técnica no Estado, consolidando o que foi previsto no seu planejamento estratégico anual e ainda permitindo que uma arquitetura de qualidade seja acessível para todos”, destacou Heitor Maia, diretor do CAU-AL.

Dona Quitéria, moradora da Grota da Bananeira há 30 anos, conta que as melhorias do Projeto Vida Nova nas Grotas já beneficiaram a comunidade com as obras de mobilidade realizadas pela Secretaria de Estado de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand).

“Quando eu cheguei aqui era tudo no barro, a gente deslizava, não podia andar com carrinho de mão, mas agora melhorou muito, toda a equipe está de parabéns”. Agora, a expectativa de Quitéria é para as reformas que as moradias irão receber nessa nova etapa do projeto.

A previsão é que em 2019 mais de 1.000 famílias sejam beneficiadas com as melhorias habitacionais do Programa.

Ascom – 25/04/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)