Com lotação máxima, Central de Flagrantes do Farol recusa presos

Viatura do 1º BPM ficou com um preso na porta da delegacia. 24 estão presos na Central; PC afirmou que serão transferidos nesta quinta

lotacao_central_2

A Central de Flagrantes I, localizada no bairro do Farol, registrou lotação máxima nesta quinta-feira (10). No momento, 24 pessoas estão presas na delegacia, que é a capacidade máxima por determinação judicial.

Uma guarnição da Força Tática 2, pertencente ao 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), prendeu nesta quinta Moab da Silva, 21, por tráfico de drogas.

Silva foi preso com 200 gramas de maconha, 50 gramas de crack, uma balança de precisão e R$ 40.

A equipe foi orientada a ficar com Silva dentro da viatura até abrir alguma vaga na Central.

O comandante da Força Tática informou à reportagem do G1 que estavam na Central desde o início da tarde e ainda não tinham previsão para a entrada do preso.

“Não existe nenhuma transferência sendo discutida. Até que a gente consiga entrar na Central para prestar depoimento, ficamos esperando aqui. Toda minha equipe sem almoçar e uma viatura a menos nas ruas”, afirmou o comandante.

De acordo com o agente de polícia plantonista da Central de Flagrantes I, que pediu para não ser identificado, o secretário da Segurança Pública de Alagoas, coronel Lima Júnior, precisa organizar a transferência da delegacia para o sistema prisional.

“Até que isso seja feito, a situação continua como está, não podemos deixar mais ninguém entrar senão passamos da nossa capacidade”, disse ao G1.

Procurada, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AL) informou que a transferência é de responsabilidade da Polícia Civil. O delegado-geral, Paulo Cerqueira, afirmou que os 24 presos serão transferidos para o sistema penitenciário ainda nesta tarde.

g1

10/11/2016

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *